CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA

O curso se concentra na investigação da CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA de crianças com desenvolvimento típico, através da comparação da sensibilidade de crianças de diferentes faixas etárias às similaridades fonológicas compartilhadas por palavras. Considerando a caracterização da consciência fonológica e a sua relação com o aprendizado da leitura e da escrita, promover uma reflexão sobre a natureza e o desenvolvimento da consciência fonológica.

Refletir sobre a importância da consciência fonológica e fonoarticulatória para o processo de alfabetização.

Fazer com que o educador saiba identificar e ajudar o aluno a transpor os NÍVEIS DA ESCRITA.

O curso Vivência Escolar embasa o agir docente com as contribuições de uma metodologia diferenciada. Os recursos, ferramentas e sugestões de atividades apresentadas no curso, visam fomentar aulas dinâmicas, contextualizadas e diversificadas. O curso oferece sugestões metodológicas diferenciadas para alfabetização, confecções de suportes e ferramentas como jogos, brinquedos e bricadeiras.

Diante do desafio de como desenvolver nos alunos o gosto pela leitura, a contação de história emerge como valioso auxiliar da prática escolar. A contação de história estimula a criatividade, oralidade, facilita o aprendizado, possibilita o contato com o uso real da escrita, leva ao conhecimento de novas palavras, discuti valores e colabora na formação da personalidade da criança, uma vez que os elementos simbólicos presentes numa narrativa conseguem evocar emoçoes diversas.

O curso de Contação de História é oferecido de forma prática, onde o educador entra no mundo da imaginção, através da audição da narrativa de contadores; sugestões de músicas, textos e livros; confecções de materiais e recursos, tais como: avental de contador de história, caixas magicas, fantoches e muito mais. Além do embasamento teórico a respeito das contribuiçoes e possibilidades de abordagens pedagógicas, em uma contação de história.

 

O curso de Musicalização tem por objetivo apresentar à musica como contribuinte para o desenvolvimento da inteligência e integração do ser.

O curso oferece sugestões de atividades como confecções de instrumentos musicais, dança de roda, musica para serem ensinadas em diversas ocasiões do calendário escolar, metodologias para introduzir conceitos musicais (ritmo, melodia e tom..), dinâmicas de grupo cantadas além do embasamento teórico sobre a contribuição da música para a prendizagem e seu papel no desenvomvimento cognitivo/linguistico, psicomotor e socio-afetivo da criança, não apenas como experiência estética, mas também como facilitadora do processo de aprendizagem e como um bem cultural, que deve ser incorporado ao currículo escolar.

É através da leitura que se aprende e se constrói socialmente, surgindo assim a necessidade de tornar o aluno leitor-produtor. A produção de textos em sala de aula ganhou papel relevante, não mais se limitando a temas propostos pelo professor. Ler e escrever faz amplas solicitações ao intelecto e as habilidades cognitivas superiores da mente: reconhecer, identificar, agrupar, associar, relacionar, generalizar abstrair, comparar, deduzir, inferir e hierarquizar. Não esta em pauta apenas a simples decodificação e codificação, mas apreensão de informações explícitas e implícitas e de sentidos subjacentes, e a construção de sentidos que dependem de conhecimentos prévios à respeito da língua, dos gêneros,  das práticas sociais e de interação, dos estilos, das diversas formas de organização textual. O curso Produção de Texto, oferece ao docente recursos metodológicos para serem aplicados em sala, visando proporcionar a interação do aluno com a cultura e escrita, num diálogo com gêneros e suportes textuais diversificados, proporcionando intertextualialidades afins.

Entende-se que a ênfase do trabalho escolar deve estar no processo de ensino-aprendizagem. Para tanto o uso adequado dos espaços, equipamentos, e recursos materiais e humanos existentes, contribuem para aqualidade do ensino. No curso Otimização e Dinamização do Tempo e Espaço, a ambientalização das salas de aula, a otimização e dinamização do espaço escolar, são ações sugeridas como mais um estímulo que aguça a curiosidade e o interesse pela busca do conhecimento.

As datas comemorativas estão presentes em nosso cotidiano, em todas as culturas e classes sociais. Porm, devemos compreender como pautar o trabalho pedagógico no desenvolvimento das mesmas, alternando caminhos interessantes e pertinentes a infância. Lamentavelmente algumas instituições  de ensino ainda realizam atividades de passatempo, onde as crianças  dedicam horas de atividades esteriotipadas sobre as datas comemorativas, sem contextualizá-las e significá-las. O curso Datas Comemorativas, visa auxiliar os educadores na confecção de materias pedagógicos para se trabalhar  esta temática ao longo do ano, bem como oportunizar vivências de projetos diferenciados a serem produzidos com os alunos e comunidade escolar.

Ultrapassar as fronteiras do preconceito racial; conhecer e perceber a grande influência e contribuiçãoque os negros proporcionaram para a cultura de um modo geral; respeitar a lei 10.639/03 que inclui o ensino da História e Cultura Africana, no currículo das escolas brasileiras; estimular valores como respeito, a celebração da diversidade e apreciação da cultura negra; ressaltar a importancia do dia da Consciência Negra, compreendendo que por de trás de uma data oficial existe uma grande lição sobre a cultura afro-brasileira; refletir sobre a inserção do negro na sociedade brasileira e estabelecer uma rede de conceitos sobre o tema em questão; são temas que apresentaremos ferramentas para serem trabalhadas em sala de aula no curso Consciência Negra.

Após longos estudos sobre a cognição e a aprendizagem humana, Howard Gardner desenvolveu a teoria das inteligências Múltiplas, enfatizando que o ser humano não é criatura restrita a uma ou duas aptidões, como antes se pensava, mas um ser pensante capaz de se manifestar por meio de diferentes inteligências e expor seu aprendizado através de inúmeras linguagens. O curso Inteligências Múltiplas apresenta aos docentes uma proposta de atuação diversificada, com experiências educativas interessantes e novas, contrapondo o uso de apenas algumas inteligências como linguistica e lógico-matemática em detrimento das demais. Apresenta ainda reflexões sobre o suo das inteligências múltiplas em sala de aula como facilitador no processo de ensino e aprendizagem, com sugestões de atividades para cada uma respectivamente. 

O curso Grandes Pensadores da Educação visa levar os educadores a refletirem sobre o ofício de educar em seus múltiplos contextos, bem como muní-los de conhecimentos para o embasar do agir docente, incorporando se necessário novas ideias à prática pedagógica, fazendo com que a mesma se torne uma praxis reflexiva. Conecer os estudiosos da educação ajuda o professor refletir sobre sua prática respectivamente, avaliando se a mesma promove uma aprendizagem significativa, fundamentada, holística e humanitária.

Além de ensinar o professor a se ver diante do desafio de mensurar o quanto foi aprendido daquilo que foi ensinado, perguntas como: o que a criana já sabe? O que o precisa saber?  O que fazer para que ela avance? Estes são alguns dilemas enfrentados ao longo da carreira.

O curso Professólio é uma ferramenta a mais para o docente, pois visa oferecer aos professores parâmetro de observação com relação aos saberes que os estudantes adquiriram nas áreas do conhecimento em que o portifólio foca, tais como: linguagem oral e escrita, matemática, artes e movimento, natureza e sociedade, identidade e autonomia.